NOTÍCIAS

'O livro das listas', de Renato Russo, é lançado hoje e reúne cadernos do cantor

  • 04/09/2017

Ao longo da vida, o cantor da Legião Urbana, Renato Russo, encheu cadernos e mais cadernos com suas "seleções pessoais". O material foi reunido e virou "O livro das listas – Referências musicais, culturais e sentimentais" (Companhia das Letras), que sai nesta segunda-feira (4). A organização é da poeta Sofia Mariutti e do escritor Tarso de Melo, que assinam comentários ao longo da obra.

Mas nem só de conteúdo "artístico" vive o livro. Tem, por exemplo, "Minha lista de amigos favoritos de todos os tempos". Ou "Coisas a fazer quando este pesadelo terminar", feita nos anos 1990. O primeiro item é: "Comprar apartamento (verificar a conta)".

Nascido em 1960, Renato Russo morreu em 1996, aos 36, em decorrência da Aids. Nos últimos três anos, "O livro das listas" é o terceiro lançamento póstumo. Em 2015, saiu "Só por hoje e para sempre" (Companhia das Letras), com o diário feito pelo cantor nos 29 dias que passou internado em uma clínica de reabilitação, em abril e maio de 1993. Em 2016, saiu "The 42nd St. Band – Romance de uma banda imaginária" (Companhia das Letras), escrito antes da da Legião.

"O livro das listas" sai na mesma semana em que o Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS-SP) abre uma exposição temática sobre Renato Russo. A visitação começa nesta quinta-feira (7).

 

 

 

 

 

Dá uma olhada na lista das melhores bandas de rock de todos os tempos, do Renato Russo:

GALERIA