NOTÍCIAS

15 álbuns mais vendidos da história nos EUA

  • 31/12/1969

A RIAA – Associação da Indústria de Gravação Americana – cataloga, ano após ano, os grandes sucessos musicais de sua história. Confira, abaixo, os 15 discos mais vendidos de todos os tempos nos Estados Unidos – com alguns competidores curiosos e um líder nada difícil de adivinhar.

15. Garth Brooks – No Fences

17 milhões de discos vendidos

Você pode não conhecer Garth Brooks – mas os Estados Unidos conhecem, e muito. Ele é o segundo maior vendedor de discos da história do país – ficando atrás apenas dos Beatles, segundo a RIAA. No Fences é seu segundo disco e foi lançado em 1990.

14. Elton John – Greatest Hits

17 milhões de discos vendidos

Como você perceberá no decorrer da lista, norte-americanos não parecem se importar tanto com todo aquele conceito de unidade de um disco, com começo, meio e fim. Para que ligar para isso, afinal de contas, quando você pode simplesmente ouvir as músicas mais famosas de um artista? Elton John é prova viva disso.

13. Boston – Boston

17 milhões de discos vendidos

Talvez você conheça os caras do Boston pela música More Than a Feeling, que já foi trilha de alguns filmes e surgiu em jogos de videogame. E é claro que ela está neste disco, o primeiro da banda, lançado em 1976.

12. Whitney Houston – The Bodyguard (Soundtrack)

18 milhões de discos vendidos

E, ao chegar nesta parte da lista, você já está ouvindo o agudo inacreditável de Whitney Houston: And IIIIIII will always love you! E, sim, esta foi a canção que impulsionou a venda do disco – e transformou o filme em um clássico instantâneo. Engana-se, porém, se você pensa que essa é a única pérola da gravação – que ainda conta com ótimas canções, como I Have Nothing e, é claro, o tema do longa-metragem.

11. Guns N’ Roses – Appetite for Destruction

18 milhões de discos vendidos

Muito antes de discos que demoraram décadas para ser lançados, barrigas de cerveja e muito chilique entre membros da banda, o Guns N’ Roses era a autoridade máxima do hard rock – e eles subiram no trono já em sua estreia, com Appetite for Destruction. O disco é recheado de hits: Welcome to the JungleParadise CityMy MichelleSweet Child O’ Mine e Rocket Queen embalam, até hoje, uma legião de fãs.

10. The Beatles – The Beatles

19 milhões de discos vendidos

Sabe o que acontece quando você coloca quatro gênios para meditar ao lado do fundador da meditação transcendental? Eles compõem um dos melhores discos de todos os tempos.
Mas não se engane: The Beatles, também conhecido como ‘O Álbum Branco’ – por motivos óbvios – marca o declínio dos garotos de Liverpool enquanto uma unidade musical. Isso porque na época das gravações, em 1968, algumas diferenças criativas já começavam a surgir – e, é claro, os negócios entravam em cena.
É possível reparar como algumas músicas correm em direções extremamente diferentes, explicitando que o individualismo começava a tomar conta da banda. While My Guitar Gently Weeps, por exemplo, é George Harrison puro (e alto) – enquanto Blackbird, composta e cantada por Paul McCartney, segue num caminho muito mais delicado e autoral.

9. Shania Twain – Come On Over

20 milhões de discos vendidos

Nós também não entendemos – mas preferimos culpar duas canções de Come On Over para encontrar respostas para a nona colocação nesta lista. São elas From This Moment, um grande hit da época, e Man! I Feel Like A Woman, que pode ser considerado um hit até hoje – basta ir em qualquer karaokê do país para comprovar.

8. Fleetwood Mac – Rumours

20 milhões de discos vendidos

Gravado em 1976, Rumours é um sucesso mundial: além das 20 milhões de cópias norte-americanas, conquistou mais 20 milhões de donos ao redor do mundo. Quatro singles do disco – Go Your Own WayDon’t StopDreams e You Make Loving Fun – viraram singles. É considerado, até hoje, o melhor disco do grupo.

7. Garth Brooks – Double Live

21 milhões de discos vendidos

Sim. O Garth Brooks. De novo.

6. AC/DC – Back in Black

22 milhões de discos vendidos

Agora sim, um disco que você com certeza conhece. Os australianos do AC/DC trazem, com este clássico, o disco de rock mais vendido de todos os tempos no mundo, com 51 milhões de cópias. Nos Estados Unidos, as 22 milhões de unidades vendidas o colocam bem perto do top 5 da lista.

5. Pink Floyd – The Wall

23 milhões de discos vendidos

Em 1979, “apenas” um álbum duplo. Mas a importância e atemporalidade de The Wall é tão grande que o quarto disco da banda Pink Floyd já virou espetáculo com ares teatrais, adaptação para o cinema e um dos maiores símbolos da história do rock.

4. Led Zeppelin – Led Zeppelin IV

23 milhões de discos vendidos

Considerado por muitos o melhor disco do Led Zeppelin – e apontado como o álbum de rock mais importante de todos os tempos por listas e mais listas -, o quarto trabalho de estúdio dos ingleses traz algumas das canções mais icônicas da banda, como Stairway to Heaven, Black Dog e Going to California.

3. Billy Joel – Greatest Hits Volume 1 & Volume 2

23 milhões de discos vendidos

Que Billy Joel é um hitmaker incontestável, ninguém duvida. Mas é uma surpresa descobrir que o norte-americano vendeu 23 milhões de cópias com a união de seus maiores sucessos.

2. Eagles – Their Greatest Hits (1971-1975)

29 milhões de discos vendidos

Se você não conhece ‘Eagles’, basta perguntar para o seu pai sobre a banda. O supergrupo fez sucesso durante décadas – e arranca alguns sorrisos até hoje, por aí, em estações de rádio dedicadas a rock -. Seus maiores sucessos emplacaram estrondosos 29 milhões de discos vendidos nos Estados Unidos. Um número impressionante, mas que não chega nem perto do campeão.

1. Michael Jackson – Thriller

32 milhões de discos vendidos

É difícil imaginar que, um dia, algum disco terá tanto reconhecimento e sucesso, seja entre a mídia ou o público, seja culturalmente ou mercadologicamente, quanto Thriller. Lançado no final de 1982, com produção de Quincy Jones, o álbum não apenas traz algumas das maiores músicas de MJ – Wanna Be Starting SomethingThe Girl Is Mine (com a participação de Paul McCartney), ThrillerBeat It e Billie Jean, como também é impecável em termos de melodias e letras. Foi o sucessor perfeito de Off The Wall, álbum anterior do rei do pop, e o sacramentou para sempre na história da música.

GALERIA